sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

A fórmula fugidia

Procuras um modo de calcular
a fórmula fugidia do quotidiano.

Sabes quais são as variáveis:
tempo, instinto, razão e humor.

Mas não sabes em que proporção
se combinam.

Do corpo tens medo. Não
do teu. Dos outros.

São obstáculos à combinação
dos elementos do quotidiano.

O teu carácter, ou inteligência,
não resolve o dilema.

Parece-te, às vezes, que
apenas fechar os olhos e
agir
pode salvar o dia.

Mas a ponderação recomenda-te
que encontres a fórmula
fugidia do quotidiano.

E a única coisa que percebes,
então,
é que somos todos fugitivos.

Sem comentários:

Enviar um comentário